O avançado maliano Moussa Marega chega ao 'clássico' com o Sporting, no sábado, como a principal referência do ataque do FC Porto, com sete golos e três assistências na I Liga de futebol.

Sem o camaronês Aboubakar, que tem estado de fora por lesão, o maliano soma golos e assistências pelos 'dragões', que contam com a velocidade e capacidade de trabalho do avançado para chegar ao golo.

Esta temporada, em 24 jogos em todas as competições, soma 14 golos marcados, tendo já marcado em todas as competições em que os portistas estão inseridos: além dos sete marcados na I Liga, marcou por cinco ocasiões na Liga dos Campeões, duas na Taça de Portugal e mais uma na Taça da Liga.

Com o FC Porto a viver um período histórico, com 18 vitórias consecutivas em todas as competições, o maliano é uma das apostas para prolongar o ciclo para 19 em casa do Sporting e ultrapassar um registo que partilha com o Benfica de 2010/11.

Contratado ao Marítimo a meio da época de 2015/16, o jogador tornou-se o 'patinho feio' dos 'azuis e brancos', com apenas um golo em 13 jogos, e foi emprestado ao Vitória de Guimarães, clube pelo qual registou os três golos que marcou até à data aos 'leões'.

Ainda à procura do primeiro tento de 'azul e branco' frente aos 'verdes e brancos', após quatro duelos em 'branco', o avançado conseguiu fazê-lo por três vezes pelo Vitória de Guimarães: 'bisou' num empate a três bolas, em casa, e voltou a marcar em Alvalade, noutra igualdade (1-1), ambas para o campeonato.

A chegada de Sérgio Conceição ao comando técnico dos 'dragões' marcou o regresso de Marega, que falhou o estágio e foi integrado mais tarde, mas conseguiu ter impacto imediato, ao 'bisar' na primeira jornada com o Estoril Praia (4-0).

Em 2017/18, consegue 21 golos no campeonato, com a explosividade a valer-lhe um lugar em vários esquemas táticos utilizados ao longo da época, como segundo avançado ou extremo, e a forma continuou na presente temporada.

Com vários clubes interessados no seu passe, o jogador voltou a estar à margem do grupo no arranque, estreando-se apenas à terceira jornada, na derrota caseira com o Vitória de Guimarães (3-2), mas, desde então, tem sido peça fulcral para Conceição.

Marega tem sido a constante no ataque dos líderes do campeonato, depois de uma lesão afastar Aboubakar (nove jogos, quatro golos), com o brasileiro Soares como segunda opção (16 jogos, nove golos), além de André Pereira (14 jogos, três golos), do espanhol Adrián López (16 jogos, quatro golos) e do 'reforço' de inverno Fernando Andrade, recém-chegado ao plantel.

Sporting, quarto classificado com 34 pontos, e FC Porto, líder com 42, defrontam-se pelas 15:30 de sábado, em Alvalade, na 17.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.