Ainda em período pós-operatório, Luiz Phellype tem vindo a trabalhar diariamente na Academia de Alcochete, mas apenas com um fisioterapeuta e com todas as medidas sanitárias exigidas.

"A recuperação do Luiz Phellype não está afetada porque, independentemente desta situação, ele ainda não estava apto a ir ao terreno. Podemos estar confiantes de que irá voltar dentro do período indicado", garantiu Francisco Tavares, preparador físico da Unidade de Performance do Sporting, em declarações à imprensa desportiva nacional.

Francisco Tavares explicou também que os processos de Mathieu e Renan, os outros dois casos clínicos aquando da interrupção das competições, já estão a realizar treino não específico nas respetivas casas. "Vão ter de ser reintegrados de forma progressiva ao treino específico, o que requer análise do gabinete médico. Neste momento, o que têm feito é treino não específico, ou seja, passadeira, bicicleta", avançou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.