A direção liderada por Frederico Varandas perdeu a paciência com as claques leoninas e decidiu que, a partir da próxima época, estas vão mudar para a bancada B e... para dentro de uma caixa de segurança.

Segundo escreve esta terça-feira o jornal desportivo 'A Bola', a atual direção do Sporting decidiu tomar medidas drásticas para controlar os grupos organizados de adeptos (GOA), cujo comportamento já custou ao clube mais de cem mil euros em multas.

A mesma publicação explica que as quatro claques do Sporting vão passar da bancada A para a bancada B a partir da próxima época. Além disso, vão passar a estar dentro de uma caixa de segurança, como normalmente acontece com os adeptos das equipas adversárias.

Esta medida surge no sequência do desentendimento entre o Sporting e as claques Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI, mas vai abranger também os outros grupos - Torcida Verde e Brigada Ultras Sporting.

A direção de Frederico Varandas pretende assim controlar o comportamento dos adeptos pertencentes a claques, nomeadamente para evitar o arremesso de artefactos pirotécnicos, como aconteceu no dérbi com o Benfica.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.