O Sporting oficializou hoje a saída de José Peseiro do comando técnico da equipa principal de futebol, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD vem (...) informar o mercado que, nesta data, foi formalizada a revogação, por mútuo acordo, do contrato de trabalho celebrado entre a Sociedade e o treinador da equipa principal de futebol, José Peseiro”, lê-se no documento.

José Peseiro deixou esta quinta-feira o comando técnico do Sporting, após a derrota de quarta-feira por 2-1 na receção ao Estoril Praia, da II Liga de futebol, para a Taça da Liga, disse à Lusa fonte ligada ao processo. Na quarta-feira, o Sporting, que protagoniza com este despedimento a primeira ‘chicotada’ na I Liga 2018/19, sofreu a quarta derrota da época 2018/19, em 14 encontros oficiais. Soma ainda nove vitórias e um empate.

Peseiro deixa o clube ‘leonino’ no quinto lugar do campeonato, a dois pontos dos líderes FC Porto e Sporting de Braga e um de Benfica e Rio Ave, e na segunda posição do Grupo E da Liga Europa, apenas atrás do Arsenal e em boa posição para se qualificar.

Os ‘leões’ conseguiram também a qualificação para a quarta eliminatória da Taça de Portugal e, na Taça da Liga, mesmo tendo perdido com os ‘canarinhos’, estão na luta por um lugar nas meias-finais da prova que conquistaram em 2017/18.

Esta foi a segunda passagem de Peseiro por Alvalade, depois de ter conduzido os 'leões' à final da Taça UEFA em 2004/05, antes de ser despedido no início da temporada seguinte.

O treinador começou a carreira no União de Montemor e passou por clubes como União de Santarém, Oriental, Nacional, Sporting de Braga, FC Porto e Vitória de Guimarães. No estrangeiro, Peseiro foi adjunto de Carlos Queiroz no Real Madrid, orientou a seleção da Arábia Saudita, Al Hilal, Panathinaikos, Rapid Bucareste, Al-Wahda, Al Ahli e Sharjah FC.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.