A direção do Sporting está a analisar a implementação de um sistema de voto eletrónico remoto nas assembleias gerais e eleições do clube.

No editorial do jornal do Sporting, Rahim Ahamad, membro do Conselho Diretivo 'leonino', chamou a atenção para a pouca afluência que as reuniões do clube têm tido.

"1405 Sócios marcaram presença na última Assembleia Geral (AG) do Clube, realizada na passada quinta-feira, representando menos de 1% do número total de Sócios do Sporting Clube de Portugal", começa por dizer.

"A implementação do sistema de voto eletrónico remoto possibilitará que qualquer sócio possa votar sem qualquer constrangimento geográfico e em condições de segurança e confidencialidade, garantindo assim a todos os sócios o poder de decidir. O Sporting é de Portugal e não apenas de uma minoria de Lisboa. O Sporting não pode estar dependente daqueles que, pela proximidade, estão servidos das melhores condições para participar nos destinos do clube", escreveu ainda Rahim Ahamad.

O membro do Conselho Diretivo do Sporting lembra, porém, que a proposta necessita de uma alteração dos estatutos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.