O Sporting venceu, este domingo, a Académica por 1-3, na terceira jornada do campeonato português, disputado no Estádio Cidade de Coimbra. Mané, Slimani e Aquilani marcaram os golos dos Leões numa partida marcada pela expulsão do treinador Jorge Jesus por protestos.

Os Leões procuravam a vitória poucos dias dias da eliminação da Liga dos Campeões e consequente descida à Liga Europa. Face ao encontro em Moscovo, o técnico dos Leões fez três alterações, fazendo sair João Pereira, Jonathan Silva e Bryan Ruiz. Ricardo Esgaio, Jefferson e Carlos Mané ocuparam as novas vagas na equipa titular.

Por parte da Académica, José Viterbo fez quatro mudanças: Lee, Ricardo Nascimento, Nii Plange e Rabiola entraram para os lugares de Pedro Trigueira, Aderlan, Rui Pedro e Gonçalo Paciência.

Logo aos seis minutos de jogo, após bom passe de Adrien para o meio dos centrais da Académica, Mané apareceu bem desmarcado na área, em velocidade, e disparou cruzado, rasteiro, para o fundo das redes, inaugurando o marcador em Coimbra.

O Sporting continuava a pressionar, a soltar-se bem, e, aos 24 minutos, numa boa jogada de construção por parte dos homens da frente, Slimani fez um belo chapéu à saída do guarda-redes Lee, aumentado a vantagem da equipa visitante.

Contudo, poucos minutos depois, Rabiola fez de grande penalidade o primeiro golo da Académica da temporada. Um pénalti que os homens de Alvalade contestaram muito junto do árbitro.

Já perto do intervalo, o lance mais polémico do encontro, que originou a expulsão de Jorge Jesus. Na área da Académica, João Real derrubou Slimani, mas o árbitro nada assinalou. Jorge Jesus reclamou aos ouvidos do juiz assistente e Bruno Esteve expulsou o técnico dos Leões.

Bruno de Carvalho juntou-se, por opção, ao seu treinador nas bancadas do estádio, de onde viram o segundo tempo.

Aos 69 minutos, Adrien Silva falhou, através da marca de grande penalidade, na sequência de uma falta de Fernando Alexandre, a possibilidade de fazer o terceiro golo dos Leões ao rematar ao poste.

Aquilani, que entrou aos 70 minutos para o lugar de Carrillo, foi o responsável por marcar (mais uma) grande penalidade e o jogador italiano não falhou, fazendo o terceiro para os Leões.

Com este triunfo, o Sporting junta-se ao grupo das equipas da frente que têm sete pontos, ao lado de FC Porto e Arouca.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.