O jornal A Bola escreve esta sexta-feira na edição online que Luís Roque e Luís Gestas, vogais do Conselho Diretivo do Sporting, estão a ser pressionados a nível interno e externo para apresentarem a demissão, algo que faria cair a direção liderada por Bruno de Carvalho.

Para além das pressões internas, Luís Gestas também está a ser pressionado externamente devido às suas ligações ao Partido Socialista.

A direção do Sporting está ‘presa’ por dois elementos, depois da saída anunciada hoje pelo vogal Bruno Mascarenhas, que elevou para seis o número de demissões no Conselho Diretivo do clube lisboeta, explicou à Lusa Jaime Marta Soares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.