O canal televisivo de desporto russo Match TV acusou o FC Porto de ter quebrado o acordo que estava estabelecido para a retransmissão na Rússia do jogo contra o Krasnodar, que os russos acabaram por vencer, enviando assim os portistas para a Liga Europa.

De acordo com os russos, o FC Porto - que transmitiu a partida através do Porto Canal  - terá pedido mais dinheiro a uma hora e meia antes de o jogo começar para difundir o sinal para a Rússia, levando a Match TV a desistir do negócio.

Gavriil Gordeyevdiretor criativo da Match TV, revelou mesmo que os advogados da estação televisiva terão estado a negociar com os azuis e brancos até dez minutos antes do arranque do jogo.

"O FC Porto alterou as condições e recusou-se a fornecer o sinal", explicou a Match TV nas redes sociais.

Por outro lado, o FC Porto defende-se desta acusação e diz que não houve pagamento por parte dos russos. De acordo com o jornal O Jogo, as duas partes estabeleceram que o preço a pagar pela difusão do sinal do encontro tinha de ser pago até 90 minutos antes de o jogo começar, o que não se verificou, pelo que o sinal não foi retransmitido.

Certo é que, após o Krasnodar atirar com o FC Porto para a Liga Europa, a TV russa 'atirou-se' ao clube português nas redes sociais.

"Pedimos desculpa, mas não temos autorização para exibir conteúdos para adultos. O Krasnodar destruiu o FC Porto na primeira parte e sobreviveu na segunda", podia ler-se na publicação da Match TV no Twitter, na qual surgia uma imagem do site pornográfico 'PornHub' adaptada com o nome 'Portohub'.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.