O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não escondeu o seu desagrado pela forma como a equipa comandada por Bruno Lage permitiu ao Belenenses SAD empatar na Luz, a 2-2, na sequência de dois erros individuais, e fez questão de o demonstrar logo após o jogo da 25ª jornada.

De acordo com a informação veiculada esta quarta-feira pelo jornal Correio da Manhã, Luís Filipe Vieira desceu até ao balneário do Benfica após o empate a 2-2 com o Belenenses SAD para demonstrar o seu desagrado com os erros individuais de Vlachodimos e Rúben Dias, e exigir mais concentração aos jogadores para o principal objetivo da época: o campeonato nacional.

Segundo o mesmo jornal, Luís Filipe Vieira 'exigiu' máxima concentração e ambição ao plantel de forma a evitar deslumbramentos na sequência do triunfo por 2-1 no Estádio do Dragão. Com o Benfica frente ao Belenenses, os 'encarnados' foram igualados na liderança do campeonato pelo FC Porto, apesar de ainda ter vantagem no confronto direto.

Ainda no final do jogo, Vlachodimos e Rúben Dias pediram desculpas aos companheiros de equipa pelos erros individuais, sendo que a reação de todo o plantel foi de total apoio e compreensão. O guarda-redes grego e o central português têm sido dois dos principais jogadores na equipa do Benfica, e os erros individuais frente ao Belenenses SAD não afetaram o estatuto dos dois atletas junto dos restantes companheiros do plantel, garantiu ainda o Correio da Manhã.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.