Depois dos triunfos frente ao Rio Ave e ao Santa Clara, Bruno Lage perde esta segunda-feira, oficialmente, o estatuto de ‘provisório’ no Benfica. De acordo com o jornal Record, Luís Filipe Vieira quer ‘esvaziar’ o técnico do espírito de interino - assumiu as rédeas da equipa principal após a saída de Rui Vitória – e pede-lhe ambição para atacar os títulos que estão em aberto.

A mesma publicação indica que a decisão de segurar Bruno Lage até ao final da época já estava tomada desde o momento em que Vitória saiu, e só mesmo um desempenho bastante aquém das expectativas nos últimos dois jogos levaria o presidente das ‘águias’ a repensar a estratégia.

Nesse sentido, Vieira confia plenamente nas capacidades do técnico, de 42 anos, para ganhar os títulos ainda em discussão – o Benfica está na liderança do campeonato, a cinco pontos do FC Porto, disputa esta terça-feira com o Vitória de Guimarães a presença nas meias-finais da Taça, vai participar na ‘final four’ da Taça da Liga e pretende ir o mais longe possível na Liga Europa.

A ideia de segurar Lage até final da temporada é também ganhar tempo para encontrar um nome de topo para o comando dos ‘encarnados’, que encaixe no projeto de aposta na formação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.