O treinador está de saída do Gil Vicente e na hora da despedida falou sobre as suas memórias em Barcelos.

"No início da temporada ninguem acreditava em nós. Acreditávamos nós e pouco mais. Depois, com tranquilidade, senso, equilíbrio, conseguimos ir pontuando com regularidade. Nunca estivemos numa posição de descida, que foi extremamente importante. Jogámos sempre a olhar para cima. Foi uma época bem conseguida, atendendo à conjuntura inicial e todos os pressupostos que estiveram por trás da formação deste plantel. 43 pontos é muito bom para uma equipa como Gil Vicente. Hoje, queríamos ter acabado com uma vitória. Estamos muito orgulhoso ao longo deste campeonato. Os jogadores foram fantásticos. Uma palavra à massa associativa, foi muito importante naquilo que conseguimos, permitiu-nos jogar com tranquilidade, que é um fator muito importante. Não estão aqui hoje, mas estão no nosso coração. Um forte abraço à massa associativa e aos jogadores”, disse Vítor Oliveira na flash interview da Sport TV, após o empate a três golos contra o Paços de Ferreira.

"O meu adeus ainda não é definitivo. Vou de férias, vou pensar no que vou fazer, as situações que surgem e qual é a melhor para mim”, acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.