O Portimonense venceu esta quarta-feira em casa o Gil Vicente, por 1-0, no primeiro jogo da I Liga portuguesa de futebol, após uma interrupção de 87 dias, devido à covid-19.

No final do encontro, o treinador do Gil Vicente analisou a derrota e deixou um alerta sobre a equipa.

"O jogo teve duas partes distintas. O Gil Vicente teve uma primeira parte em que dominou, chegou à baliza adversária e poderia ter feito algum golo. Na segunda, o Portimonense fez um grande golo, um golo de bandeira e ganhou. Marcou um golo, portanto mereceu ganhar", começou por afirmar Vítor Oliveira.

"O jogo teve pouca qualidade, o que é natural, tendo em conta as circunstâncias. Mesmo assim, deveríamos ter feito mais e melhor. Precisamos de voltar ao caminho certo. Este resultado e a nossa segunda parte preocupam-me, porque ainda precisamos de fazer pontos para nos mantermos na Liga. O Gil Vicente é uma equipa forte se for coletivamente forte. Se não for coletivamente forte, é uma equipa banalíssima", rematou.

Com esta derrota, o Gil Vicente segue no nono lugar, com 30 pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.