Declarações de Vítor Oliveira, treinador do Gil Vicente, à Sport TV, após o empate (1-1) com o Santa Clara, no Estádio Cidade de Barcelos, da 24.ª jornada da I Liga.

"Foi um ponto importante, que nos permite somar 30, mas poderíamos ter ficado com os três pontos neste jogo. Sem fazer uma partida brilhante, fomos a única equipa que quis vencer. O Santa Clara deixou o tempo passar e tentou a aproveitar o nosso erro."

"É um adversário difícil de bater, não pela sua qualidade, mas sim pela matreirice. Quase nunca demos espaços, mas as lesões condicionaram o nosso rendimento, perdemos solidez, desorganizamo-nos no meio campo, e deixamos que o Santa Clara subisse no terreno."

"Estamos contentes por atingir esta marca, os jogadores têm sido fantásticos, e conseguimos atingir um pecúlio muito bom para uma equipa que vinha com perspetivas algo negras traçadas por algumas pessoas. Mas, com o apoio de todos os gilistas, conseguimos contrariar a situação."

"Sabemos que ainda não conseguimos nada, e até dou dois exemplos. O atual campeão nacional [Benfica], não ganha há sete jogos, é algo que também nos pode acontecer. O Arouca, há uns anos, acabou por descer na última jornada com uma série de conjugações de resultados."

"Mas estamos confiantes e acreditamos que vamos conseguir os pontos necessários para manutenção."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.