O médio Lucas Evangelista deixou o Vitória de Guimarães, clube da I Liga portuguesa de futebol a quem estava emprestado pelo Nantes, do principal escalão francês, confirmou hoje à Lusa fonte oficial do clube vimaranense.

O brasileiro, de 27 anos, reforçou os vitorianos em agosto de 2019 e marcou um golo em 26 jogos oficiais - realizou 20 deles até ao final de janeiro -, mas já deixou de trabalhar com o plantel, estando descartado das opções para a visita ao terreno do Portimonense, no sábado, relativa à 30.ª jornada do campeonato.

O Vitória podia comprar 100% dos direitos económicos do futebolista por quatro milhões de euros ou 50% desses direitos por dois milhões, mas a direção liderada por Miguel Pinto Lisboa rejeitou essas opções e entendeu desnecessária a continuidade do médio para lá de 30 de junho, data-limite do empréstimo, com a concordância do treinador Ivo Vieira, esclareceu a mesma fonte.

Lucas Evangelista também saiu nesta fase, com cinco jornadas ainda por disputar na I Liga portuguesa, para poder descansar antes de regressar a França para preparar a época 2020/21, com arranque previsto para 23 de agosto, já que a época 2019/20 terminou precocemente devido à pandemia de covid-19, com o Paris Saint-Germain a ser declarado campeão e o Nantes a finalizar a prova no 13.º lugar.

O jogador encerrou a segunda passagem pela I Liga portuguesa, após ter marcado quatro golos em 36 jogos oficiais pelo Estoril-Praia, na temporada 2017/18, em que foi também orientado por Ivo Vieira, e rumado ao Nantes no começo da época seguinte.

Formado no Desportivo Brasil e no São Paulo, emblema em que iniciou a carreira como sénior, em 2014, Lucas Evangelista representou também a Udinese, de Itália, nas épocas 2014/15 e 2016/17, e o Panathinaikos, da Grécia, em 2015/16.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.