Em entrevista ao jornal do Sporting, Wendel elogia o ambiente vivido no balneário dos leões e salienta o respeito mútuo entre os jogadores.

"Dou-me bem com todos mas é normal que esteja mais próximo do Raphinha, do Luiz Phellype, do Renan e do Jefferson porque somos brasileiros. Mas o nosso balneário só tem gente boa e que se respeita muito", refere.

O médio dos leões salientou ainda que tem "evoluído muito" e que se "sente um jogador mais adulto".

Raphinha aproveitou também para lançar a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal.

"Vamos jogar contra um adversário difícil, mas queremos a vitória e estar na final da Taça de Portugal. Quem veste esta camisola só pode pensar assim".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.