Rui Borges deixou de ser treinador do Académico de Viseu, depois de ter acertado com o clube a rescisão de contrato que tinha até 2021, confirmou à Lusa fonte da SAD do clube da II Liga portuguesa de futebol.

A mesma fonte adiantou que as duas partes chegaram a acordo para uma "rescisão amigável".

O treinador, de 39 anos, deixa Viseu ao fim de época e meia ao serviço do clube beirão, onde garantiu duas permanências da equipa da II Liga e fez história no clube ao levar o Académico de Viseu até às meias-finais da Taça de Portugal, onde ‘caiu’ frente ao FC Porto.

Nesta altura, em vésperas do arranque dos trabalhos, a SAD do Académico de Viseu procura novo treinador para orientar a equipa na época 2020/2021 na II Liga de futebol, com o futuro técnico a encontrar no Fontelo um plantel já com 21 jogadores confirmados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.