Edgar Pinho, candidato único à presidência do Varzim, clube da II Liga portuguesa de futebol, foi hoje eleito com os votos de 316 associados, de um universo de 2.868 que podiam votar.

No sufrágio, que se realizou esta manhã na sede do emblema poveiro, registaram-se ainda 10 votos em branco, um nulo e seis contra, porque, apesar de ser candidato único, os estatutos do clube contemplam a opção de 'sim ou não' à lista que se apresenta.

O empresário, de 64 anos, sucede assim a Pedro Faria, ex-líder que se demitiu, e toma posse ainda hoje, numa assembleia-geral do clube que se realiza esta noite.

Edgar Pinho disse que o resultado que obteve "superou as expectativas pelo facto de ser candidato único e de a votação se ter realizado em apenas três horas", e prometeu começar a trabalhar de imediato em prol do clube.

"Vamos nos concentrar, rapidamente, no que temos de fazer, honrando os compromissos e focados no trabalho. Haverá um período de adaptação, mas encaro o Varzim como uma grande empresa e aplicarei os métodos em que tenho experiência", disse o agora dirigente.

Edgar Pinho pretende "dotar o clube com regras e metodologias e dar uma nova imagem ao Varzim", garantindo que irá "aproveitar a paragem do campeonato nas próximas semanas para fazer uma maior avaliação à estrutura do futebol profissional".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.