O FC Porto B fechou hoje uma série de cinco jogos sem ganhar, ao receber e bater o Sporting da Covilhã, por 3-0, em jogo da 30.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Romário abriu o marcador com um grande golo aos 18 minutos, Oleg aumentou para 2-0 nos descontos da primeira parte, e Musa Yahaya fechou a contagem aos 59.

O FC Porto B encontra-se no sexto lugar, com 48 pontos e menos um jogo, e o Sporting da Covilhã segue no 14.º posto, com 36 pontos e menos um jogo.

Depois de ter empatado fora com o Arouca a dois golos, fruto de uma exibição positiva, o Covilhã destacou-se hoje pela negativa e perdeu bem com um FC Porto dominador e que criou várias situações de perigo e de golo.

Os visitantes entraram como que adormecidos e os "dragões" aproveitaram e depressa começaram a criar lances de perigo, que culminaram, aos 18 minutos, com um remate forte e muito colocado de Romário com o pé esquerdo que se traduziu no primeiro golo.

O Covilhã rematou pela primeira vez à baliza portista aos 25 minutos, por Índio, e depois conquistou alguns livres e cantos, mas sem criar problemas sérios ao guarda-redes Diogo Costa.

Quando parecia que o 1-0 seria o resultado da primeira parte, Makouta cometeu uma falta aos 45+2 minutos e depois viu um cartão amarelo, Bruno Costa bateu o livre e Oleg, de cabeça, aumentou para 2-0.

Sem forçar muito, o FC Porto B manteve o seu domínio no segundo tempo, ao passo que o Covilhã se apresentou melhor e subiu um pouco de rendimento, mas continuou a mostrar imensas carências ofensivas.

As dúvidas que ainda pudessem existir sobre o resultado deste jogo acabaram quando, aos 59 minutos, Musa Yahaya fez o 3-0 após um ‘bailado’ diante de vários adversários, guarda-redes incluído.

O FC Porto justificou amplamente este triunfo ante um opositor frágil e com muito menos argumentos coletivos e técnicos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.