O Mafra manteve hoje a invencibilidade caseira, ao receber e vencer o Estoril Praia por 3-1, um resultado que espelha a superioridade dos anfitriões no jogo da 12.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol.

Medeiros, aos 28 minutos, permitiu ao Mafra levar uma vantagem mínima para a segunda parte, que Joel (81) e Zé Tiago (87) ampliaram, antes de Nicolas Careca, aos 88, reduzir para os estorilistas.

A vitória do Mafra, que ainda não perdeu em casa esta temporada, leva a equipa de Vasco Seabra até ao sexto lugar da classificação, com 19 pontos, enquanto o Estoril mantém o terceiro posto, com 22, falhando a aproximação ao líder Farense, que perdeu no sábado com o Nacional, segundo colocado.

O Mafra, com boas movimentações ofensivas que confundiram as marcações estorilistas, chegou à vantagem por Medeiros aos 28 minutos, com um ‘tiro’ de muito longe, sem hipóteses de defesa para Dani Figueira, materializando o ascendente mafrense.

A equipa anfitriã esteve perto de ampliar a vantagem num cabeceamento de Medeiros, aos 31, que saiu ligeiramente por cima e, um minuto depois, foi a vez de Lucas Silva rematar de longe, para defesa difícil de Dani Figueira.

Antes do descanso, Paul Ayongo falhou a resposta a um cruzamento rasteiro da direita de Lucas Silva e, à entrada da área, Medeiros rematou de primeira, mas Dani Figueira mostrou-se atento.

Na segunda parte, o Estoril Praia, apesar da maior posse de bola, não conseguiu construir com perigo no último terço, o que o Mafra aproveitou, em transições rápidas.

O melhor que os visitantes conseguiram foi um cabeceamento ao lado do recém-entrado Nicolas Careca, a cruzamento de Daniel Bragança, aos 67 minutos.

Aos 78, Medeiros viu o seu remate cruzado ser defendido, mas, três minutos depois, voltou a surgir ‘solto’ na esquerda, para efetuar um cruzamento atrasado, que Joel aproveitou para finalizar com sucesso.

A vitória do Mafra já parecia uma realidade e, numa jogada algo atabalhoada, aos 87 minutos, Zé Tiago acabou por sentenciar a partida, para euforia dos adeptos locais, que se fizeram ouvir ao longo de todo o jogo.

O Estoril Praia reagiu demasiado tarde aos três golos sofridos, mas reduziu, de imediato, por Nicolas Careca, aos 88, após assistência de Juninho.

Até ao fim, valeu Godinho à equipa de Mafra a fixar o resultado em 3-1, com boas defesas a um cabeceamento de Hugo Firmino (90) e Daniel Bragança (90+4).

Jogo realizado no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra – Estoril Praia, 3-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Medeiros, 28 minutos.

2-0, Joel, 81.

3-0, Zé Tiago, 87.

3-1, Nicolas Careca, 88.

Equipas:

- Mafra: Godinho, Rúben Freitas, Miguel Lourenço, João Miguel, Joel, Franco, Cuca (Rui Pereira, 81), Lucas Silva (Areias, 69), Medeiros, Zé Tiago (Tavares, 87) e Paul Ayongo.

(Suplentes: Chastre, Juary, Gui Ferreira, Rui Pereira, Tavares, Flávio Silva e Areias).

Treinador: Vasco Seabra.

- Estoril Praia: Dani Figueira, Hugo Firmino, Valente, Lucas Áfrico, Helerson (Simão, 83), Tembeng, Duarte (Matheus Índio, 73), Daniel Bragança, Rafael Barbosa (Nicolas Careca, 64), Juninho e Roberto.

(Suplentes: António Filipe, Philipe Maia, Simão, Khevin, Nicolas Careca, André Franco e Matheus Índio).

Treinador: Tiago Fernandes.

Árbitro: Dinis Gorjão (AF Setúbal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Miguel Lourenço (19), Hugo Firmino (48), Medeiros (51), Nicolas Careca (69) e Franco (75).

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.