O capitão da seleção nacional de futebol de Angola, Mateus Galiano, apelou esta terça-feira à necessidade do público aderir em massa ao estádio 11 de Novembro, com vista a ajudar o grupo a vencer a Mauritânia, esta sexta-feira, referente à terceira jornada do grupo I de apuramento ao Campeonato Africano das Nações, a decorrer nos Camarões.

Em declarações à imprensa, no final do treino realizado no estádio França Ndalu, acrescentou que o combinado angolano tem estado a preparar-se para contrapor os intentos do adversário, que lidera o grupo, com seis pontos, realçando que a presença dos adeptos é indispensável para aumentar a auto-estima dos jogadores.

Explicou que o conjunto procurará manter uma defesa coesa e terminar com êxitos os lances de ataque, visando conquistar os três pontos, mantendo assim as esperanças de se qualificar para o CAN.

Para Djalma Campos, o facto do oponente vir de duas vitórias, frente ao Botswana, por 1-0, e Burkina Faso (2-0), merece todo o respeito, mas o plantel está repleto de jogadores habilidosos para contrapor este quesito e acabar vitorioso.

Salientou a necessidade de vencerem o desafio, daí que serão práticos na finalização.

Angola ocupa o terceiro lugar, com três pontos, os mesmos do segundo (Burkina Faso), enquanto a Mauritânia é líder do grupo (I) com seis pontos. O Botswana ainda não pontuou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.