O Selecionador da Arménia criticou a organização do jogo com Portugal e acusou a FPF de ter tido uma estratégia de provocação. Bernard Challandes acusou a FPF de "falta de classe" e de ter uma estratégia de provocação durante a semana e esta sexta-feira, dia do jogo.

"Tenho grande respeito por Portugal mas a estratégia de provocação foi a vergonha. Fomos treinar num campo onde era impossível treinar. Na quarta-feira não nos deixaram treinar no campo perto do hotel porque disseram que Portugal ia treinar aí. Mas Portugal veio treinar no Estádio do Algarve. Hoje fizemos 40 minutos do hotel para o estádio, passando po uma vila sem estradas, num percurso que dantes tínhamos feito em menos de 20 minutos. O motorista não sabia o caminho. É impossível ele não saber o caminho para o estádio. Impossível também a polícia que nos acompanhou não saber o caminho para o estádio. Estou desapontado com a estratégia de provocação por parte de Portugal. Em campo são uma boa equipa mas faltou-lhes classe na organização", acusou Challandes.

O selecionador da Arménia justificou ainda a derrota da sua equipa com um erro "estúpido", apesar de reconhecer que Portugal foi melhor e que teve mais oportunidades de golo.

"Perdemos graças a um golo estúpido. Tínhamos a bola e em vez de atirar para a frente, quisemos jogar curto. Mas fomos bravos, mostramos que podíamos pontuar esta noite. Portugal tem uma boa equipa, foram melhores, podiam ter marcado noutras ocasiões mas, volto a frisar, o golo foi mais consentido. Foi um golo estúpido", sublinhou o selecionador da Arménia, em conferência de imprensa, logo após a derrota da sua equipa frente a Portugal

Questionado pelos média da Arménia do porquê da sua seleção ter tido tão baixa percentagem de posse de bola, Challandes respondeu que seria impossível ter mais bola que Portugal e a jogar fora. O técnico recusou ainda a ideia, lançara por um jornalista arménio na sala de imprensa, que a sua equipa tem problemas na defesa.

"Tivemos uma boa organização defensiva, a defesa fez um bom jogo. Tivemos estabilidade na defesa. Precisamos é de ter mais bola, ter mais construção de jogo e não atirar muitas bolas longas para os avançados lutarem contra defesas como Ricardo Carvalho e Pepe. Jogamos contra Portugal, uma das melhores equipas da Europa, que tem o melhor jogador do mundo e jogadores que atuam no Real Madrid. Tivemos três oportunidades. Não tivemos mais bola porque estávamos a jogar contra uma grande equipa. E a jogar fora. Acha possível a Armênia ter mais bola que Portugal a jogar fora?", questionou o suíço.

Cristiano Ronaldo marcou o golo com que Portugal venceu a Arménia por 1-0, em jogo do Grupo I da fase de qualificação para o Europeu2016.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.