Fernando Santos cedeu hoje os seus primeiros pontos como selecionador português de futebol em jogos de qualificação para o campeonato da Europa, ao empatar a zero na receção à Ucrânia, no arranque do Euro2020.

Desde que sucedera a Paulo Bento, que ainda cumpriu o primeiro jogo de apuramento para o Euro2016, perdendo em Aveiro com a Albânia por 1-0, o atual técnico da formação das ‘quinas’ somava por triunfos os sete encontros de qualificação para o Europeu.

Apesar de ter perdido o estatuto de 100% vitorioso em qualificação para a principal prova do ‘velho continente’ ao comando de Portugal, Fernando Santos manteve-se invicto na prova, não só na fase de apuramento, pois não perdeu nenhum jogo na fase final do último Europeu, levando Portugal ao título.

Em França, a formação das ‘quinas’ somou uma maioria de empates (quatro), mas as três vitórias conquistadas foram suficientes para chegar ao cetro, arrebatado na final com a França (1-0), após prolongamento, graças a um golo de Éder.

No somatório de todos os jogos a contar para o Europeu, Fernando Santos conta agora, ao serviço de Portugal, 10 vitórias e cinco empates, com 20 golos marcados e nove sofridos.

Em termos de jogos oficiais, o técnico de 64 anos já perdeu, mas apenas por duas vezes, no primeiro jogo de apuramento para o Mundial de 2018, na Suíça (0-2), e nos oitavos de final da fase final da mesma prova, perante o Uruguai (1-2).

Nos restantes 36 embates ‘a sério’, a contar para Mundiais, Europeus, Taça das Confederações e Liga das Nações, colecionou 25 vitórias e 11 empates, com um total de 72 tentos marcados e 25 sofridos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.