A seleção portuguesa somou, esta segunda-feira, face à Sérvia (1-1), no segundo jogo de apuramento para o Euro2020, o quarto jogo consecutivo sem vencer em jogos oficiais, algo que não sucedia desde 2010.

Depois do 0-0 em Itália e do 1-1 na receção à Polónia, no fecho da fase de grupos da Liga das Nações, Portugal empatou os dois primeiros encontros do Grupo B de qualificação para o Europeu de 2020, com a Ucrânia (0-0) e os sérvios.

Para encontrar um registo de quatro jogos oficiais sem vitória, é preciso recuar quase uma década, ao final do Mundial de 2010 e ao arranque da qualificação para o Euro2012.

Sob o comando de Carlos Queiroz, e depois de um 7-0 à Coreia do Norte, Portugal fechou a fase de grupos do Mundial de 2010 com um empate a zero com o Brasil, para, nos oitavos de final, cair por 1-0 face à Espanha, por culpa de um golo de David Villa.

Após a prova realizada na África do Sul, Queiroz foi castigado e foi Agostinho Oliveira que esteve no banco nos dois primeiros jogos de apuramento para o Europeu de 2012.

Portugal começou com uma ‘estranha’ igualdade a quatro golos na receção o Chipre, em Guimarães, e, quatro dias depois, perdeu por 1-0 na Noruega. Chegaria, então, Paulo Bento, que apurou a equipa lusa para o Euro2012 num ‘play-off’.

Desta vez, os dois primeiros empates não inviabilizaram o apuramento para a fase final da Liga das Nações, já que, nas duas primeiras rondas, Portugal tinha vencido em casa a Itália por 1-0 e triunfado na Polónia por 3-2.

Apesar do regresso de Cristiano Ronaldo, que não jogava pela seleção desde o Mundial de 2018, Portugal não fez melhor nos dois primeiros jogos da campanha para o Europeu de 2020.

Os detentores do título europeu, conquistado em 2016 em França, graças a um golo de Éder, aos 109 minutos, na final com a seleção da casa, iniciaram a defesa do título com dois empates caseiros, face à Ucrânia, sem golos, e à Sérvia, a um.

As consequências destes dois resultados só serão conhecidas bem mais à frente, sendo que, para já, Portugal ficou em desvantagem teórica face aos seus dois grandes adversários no agrupamento – os outros são Luxemburgo e Lituânia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.