A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje que irá aplicar parte da receita da participação da seleção principal no Mundial Rússia2018 em 23 bolsas de estudo, a atribuir a alunos do ensino secundário.

Segundo a FPF, as bolsas serão atribuídas no presente ano letivo a alunos matriculados no 10.º ano, residentes em territórios de baixa densidade populacional e cujos agregados familiares demonstrem uma situação de insuficiência económica.

O regulamento para atribuição das bolsas, hoje divulgado, explicita que as bolsas “visam apoiar a prossecução dos estudos, a integração e inclusão, a alunos economicamente carenciados, residentes foram dos grandes centros urbanos, através das seguintes componentes: educação, desporto, cidadania”.

O período de apresentação de candidaturas começa hoje e termina em 14 de dezembro.

A seleção portuguesa de futebol, campeã europeia em 2016, encaixou 12,6 milhões de euros no Mundial Rússia2018, competição da qual foi afastada nos oitavos de final pelo Uruguai.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.