O lateral direito da Juventus, João Cancelo, fez esta terça-feira a antevisão dos próximos jogos da Seleção Nacional de qualificação para o Euro2020 e admitiu que espera dificuldades para vencer a Ucrânia e a Sérvia.

No entanto, João Cancelo referiu também que o regresso de Cristiano Ronaldo à Seleção Nacional irá contribuir para um aumento exponencial de qualidade na equipa de Fernando Santos.

"Penso que o Cristiano acrescenta qualidade a qualquer equipa que vá. Temos o prazer de jogar com ele, é mais um para ajudar e é muito importante para nós a presença do capitão", começou por dizer João Cancelo.

"Acho que estou a fazer uma boa época até este momento, tive um percalço com a lesão no joelho mas estou a voltar à minha forma do início da época e isso é o mais importante", referiu João Cancelo sobre o seu atual momento de forma na Juventus.

Questionado sobre a sua possível titularidade nos próximos dois jogos, João Cancelo admite que irá depender dos treinos e não se mostrou preocupado com a forte concorrência de Nélson Semedo, internacional português do Barcelona que também joga a lateral direito.

"Isso depende dos treinos que eu fizer, estou aqui para trabalhar e o mister decidirá quem vai jogar. Nélson Semedo? Todos aqui tê qualidade para jogar a titular. O Nélson [Semedo] joga numa das melhores equipas do mundo, eu também, agora cabe ao mister decidir", disse João Cancelo.

"Penso que a cada ano que passa aprendo, treino todos os dias com os melhores centrais do mundo, em Itália o nível é muito alto e sentimo-me melhor jogador do que era", vincou João Cancelo sobre o seu atual momento na carreira.

Questionado se Ronaldo irá apresentar-se na Seleção Nacional ao nível do que tem jogado na Juventus, João Cancelo considerou que, "Cristiano não tem de provar nada a mais ninguém, por onde passa faz história e vai acrescentar qualidade à equipa tal como por onde tem passado", frisou o lateral direito da Juventus.

"Penso que o Cristiano foi importante para a vitória [sobre o Atlético de Madrid] ao ter feito os três golos, mas toda a equipa fez um excelente trabalho, fomos uns justos vencedores, mas sim, tê-lo na equipa torna tudo mais fácil", acrescentou João Cancelo.

Em relação aos jogos com a Ucrânia e a Sérvia, João Cacelo afirmou que, "são dois jogos muito difíceis" contra "duas seleções muito fortes", mas frisou que a Seleção Nacional vai lutar pela "conquista dos seis pontos".

"Penso que certamente vão ser jogos muito difíceis, a Ucrânia subiu à primeira divisão da Liga das Nações, a Sérvia não perde já muito tempo. É claro que é uma responsabilidade a mais para defender o título de campeões da Europa e os adversários vão ter mais força para nos tentar ganhar", afirmou João Cancelo.

Sobre as estreias nos convocados de Fernando Santo, João Cancelo disse apenas que são jogadores "para acrescentar qualidade" e que vão "ajudar a nossa Seleção".

Portugal começa a defender o título europeu conquistado em 2016, em França, frente à seleção da Ucrânia, na sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, e recebe, três dias depois, em 25 de março, a Sérvia, no mesmo recinto, estando o início de ambos os jogos agendado para as 19:45.

A seleção nacional vai disputar o grupo B, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Pela primeira vez, a fase final do Campeonato da Europa vai decorrer em 12 cidades de 12 países diferentes, com Londres a receber os jogos das meias-finais e da final.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.