O futebolista polaco Krzysztof Piatek soma oito golos em seis jogos, após hoje ter bisado no triunfo do Génova sobre o Frosinone (2-2), e tornou-se o primeiro estreante na liga italiana a alcançar tal feito em quase 70 anos.

Krzysztof Piatek, de 23 anos, que se transferiu no início da época do Cracóvia, por cerca de quatro milhões de euros, e que tem sido um dos obreiros do sexto lugar do Génova (com 12 pontos e menos um jogo), igualou o registo do dinamarquês Karl Aage Hansen, com o Atalanta, em 1949/50.

Piatek, colega dos portugueses Pedro Pereira, que entrou aos 68 minutos, e de Iuri Medeiros, que não saiu do banco, marcou aos 33 e 36 minutos, tendo o Frosinone (19.º classificado, com um ponto), a jogar em casa, reduzido por Camilo Ciano, aos 41, de grande penalidade.

O Parma, com o internacional português Bruno Alves a titular, venceu por 1-0 na receção ao Empoli, com um golo do costa-marfinense Gervinho, aos 33 minutos, e segue provisoriamente no nono lugar, com 10 pontos e mais um jogo do que AC Milão e SPAL, com nove, e Sampdoria, com oito.

A Fiorentina somou o quarto triunfo consecutivo em casa frente a Atalanta, por 2-0, com golos do francês Jordan Veretout e Cristiano Biraghi, e ascendeu ao terceiro lugar da liga transalpina, com 13 pontos, a oito da líder invicta Juventus, de Cristiano Ronaldo.

O Torino, que segue à provisoriamente no 12.º lugar, com nove pontos, agravou ainda mais a crise do Chievo ao vencer por 1-0 em casa do lanterna-vermelha do ‘cálcio’, com o único golo a ser apontado por Simone Zaza, que se estreou a marcar pela nova equipa.

Depois de dois empates seguidos, o AC Milan regressou aos triunfos em casa do Sassuolo (1-4), que perdeu após duas vitórias consecutivas no campeonato, e ascendeu do 15.º ao 10.º lugar, com nove pontos, embora com um jogo a menos.

Frank Kessie (39 minutos), Suso (50 e 95) e Samuel Castillejo (60) fizeram os golos da equipa de Milão, enquanto o Sassuolo balançou as redes por Filip Djuricic (68).

Com este desaire em casa, o Sassuolo, que em caso de vitória se isolava no segundo lugar, caiu para o quinto lugar, com os mesmos 13 pontos de Fiorentina (terceira) e Inter Milão (quarto), a dois do Nápoles, que soma 15 e no sábado perdeu por 3-1 em casa da campeã Juventus, primeira, com 21.

Riccardo Orsolini foi a gazua que saiu do banco para dar o triunfo ao Bolonha na receção à Udinese, desfazendo, aos 82 minutos, o empate a 1-1, que subsistia com os golos sul-americanos do argentino Ignacio Pussetto e do paraguaio Federico Santander.

Com os três pontos conquistados, o Bolonha, atual 15.º classificado com sete, ficou apenas a um do seu adversário de hoje, a Udinese (14.ª, com oito).

A sétima jornada encerra segunda-feira com o receção da Sampdoria, atual 13.ª classificada, ao SPAL, 11.º posicionado. Em atraso, relativo à primeira jornada, encontra-se o jogo AC Milan-Génova, que será disputado a 31 de outubro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.