Em entrevista ao jornal italiano ‘La Repubblica’, Kevin-Prince Boateng recordou a passagem pelo Tottenham, um dos 12 clubes por onde passou ao longo da carreira, na época 2007/08.

O internacional ganês, atualmente ao serviço da Fiorentina, assume que desperdiçou grande parte do seu potencial ao "não tratar o futebol como um emprego".

"Era um idiota. Tinha talento, mas treinava nos limites mínimos. Passava só uma hora no relvado. Era o último a chegar e o primeiro a sair. Ia ter com os meus amigos, porque tinha dinheiro e vivia como um rei. Nunca fui ao ginásio e isso tem consequências mais tarde", revelou Boateng.

"Certo dia comprei três carros. Três carros no mesmo dia – um Lamborghini, um Hummer e um Cadillac. Agora digo aos mais novos que não se pode comprar a felicidade", vincou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.