Carlo Ancelotti foi despedido do Nápoles na noite desta terça-feira, depois de apurar a equipa para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os napolitanos anunciaram a rescisão do contrato, num comunicado publicado nas suas plataformas digitais.

No entanto, de acordo com o 'The Sun', Ancelotti não vai ficar muito tempo no desemprego. O jornal britânico avança que o despedimento de Ancelotti agradou aos responsáveis do Arsenal, que apontaram logo esforços para contratar o treinador italiano.

A concretizar-se este será o regresso do italiano à Premier League, onde treinou o Chelsea nas temporadas 2009/2010 e 2010/2011.

Mas, Ancelotti não foi o único treinador apontado ao banco do Arsenal nas últimas horas. Os portugueses Vítor Pereira e Paulo Sousa foram apontados ao lugar, assim como Marcelino.

Já no banco do Nápoles, Gennaro Gattuso é referido como o preferido para suceder a Ancelotti.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.