Bee Taechaubol, empresário tailandês nos setores financeiro, imobiliário, da publicidade e das telecomunicações, poderá vir a ser o próximo dono do AC Milan, clube no qual está disposto a investir 250 milhões de euros.

Com negócios tanto no seu país como na Austrália, "mister Bee", como é conhecido no mundo dos negócios, já se reuniu duas vezes com Sílvio Berlusconi e poderá comprar 20 a 30 por cento das ações do clube numa primeira fase e, posteriormente, aumentar a sua participação até ficar com a maioria do clube.

Alguns dos planos que Taechaubol tem para a formação italiana já são conhecidos e passam pelo regresso de algumas figuras como Paolo Maldini ou Clarence Seedorf ao AC Milan para desempenharem funções na área desportiva.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.