Reforço de inverno do AC Milan, Zlatan Ibrahimovic tem os dias contados nos 'rossoneri'. A informação é avançada, esta quarta-feira, pelo jornal italiano 'Gazzetta dello Sport', que revela divergências entre Ibra e a atual direção do clube milanês, as quais se terão agravado nas últimas semanas no clube.

O avançado sueco, de 38 anos, assinou em janeiro um contrato válido até ao final da presente temporada, com as duas partes a ficarem com a opção de prolongar o vínculo por mais uma temporada. Mas, ao que parece, tal não irá acontecer.

O atacante não gostou da saída de Zvonimir Boban, antigo responsável pelo futebol do AC Milan, e não estará agradado com possibilidade de Paolo Maldini, diretor da área desportiva, abandonar também o clube nos próximos tempos.

Assim, de acordo com a 'Gazzetta dello Sport', Ibra estará decidido a deixar Milão assim que terminar a temporada, sendo uma incógnita se continuará, ou não a carreira noutro clube

'Ibra' voltou à Europa para vestir de novo a camisola do Milan depois de dois anos a atuar nos LA Galaxy, nos Estados Unidos da América, e neste regresso aos 'rossoneri', até à interrupção forçada das competições futebolísticas em Itália em virtude do surto de COVID-19, tinha quatro golos em dez jogos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.