O Inter de Milão anunciou hoje a contratação do defesa brasileiro Dalbert até 2022, pagando aos franceses do Nice cerca de 20 milhões de euros pelo atleta que passou pelo futebol português.

O lateral-esquerdo de 23 anos chegou à Europa para o Académico de Viseu (2013-15), sendo transferido antes do fim da época para a equipa B do Vitória de Guimarães.

Em 2015/16, fixou-se definitivamente na primeira equipa, orientado na altura por Sérgio Conceição, atual técnico do FC Porto, brilhando ao ponto de ser contratado pelo Nice.

As mais-valias do Nice terão de ser repartidas pelo Vitória de Guimarães, que deverá embolsar cerca de dois milhões de euros, já que detinha 10 por cento do seu passe. Há um ano, os gauleses pagaram aos minhotos dois milhões de euros pela contratação. Em França, Dalbert notabilizou-se como um dos melhores defesas, tendo disputado 33 desafios no campeonato e ajudando o Nice a pressionar o Mónaco e Paris Saint-Germain, acabando terceiro e atingindo a Liga dos Campeões, onde vão defrontar o Nápoles no ‘play-off’, após eliminar o Ajax.

Orientado por Lucien Favre, Dalbert mostrou qualidade física e técnica para fazer todo o flanco, assumindo-se como o jogador da equipa com mais cruzamentos (94) e tentativas de dribles (100).

“Agora é um jogador ‘nerazzurri’. Bem-vindo ao Milão, Dalbert, e boa sorte para a nossa nova aventura juntos”, escreveu o Inter no seu site.

Este é o sétimo reforço da equipa de Luciano Spaletti, depois dos médios espanhol Borja Valero e uruguaio Matías Vecino, ambos ex-Fiorentina, do avançado argentino Facundo Colidio (ex-Boca Juniores), do defesa eslovaco Milan Skriniar (ex-Sampdoria), do avançado dinamarquês Jens Odgaard (ex-Lyngby) e do guarda-redes italiano Daniele Padelli (ex-Torino).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.