Em Itália, com o número de casos positivos de COVID-19 enfim a decrescer, começa a preparar-se o regresso do futebol. E, de acordo com a imprensa local, a Federação Italiana de Futebol (FIGC) elaborou já um primeiro esboço de plano, do qual a primeira medida passará por testar todos os plantéis em relação à presença do coronavírus.

Os jogadores serão, depois, divididos em três grupos: positivos, imunes e não imunes.

Desta forma, os atletas poderão treinar em grupos separados, mediante os resultados dos respetivos testes previamente realizados. Com esta medida, a FIGC procurará evitar a maior propagação do novo coronavírus e garantir que o regresso à atividade desportiva ocorre de forma segura.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.