Primeiro e terceiro da tabela classificativa, Juventus e Inter têm encontro marcado para Turim no próximo domingo, dia 1 de março, a partir das 19h45, em partida da 26.ª jornada da Serie A italiana. O encontro, contudo, poderá acabar por ter de ser disputado à porta fechada.

Já neste fim-de-semana, quatro partidas da 25.ª jornada foram adiadas em virtude do surto de coronavírus que assolou o país, com o registo de vários casos, sobretudo a norte. Agora surgem notícias de que algumas partidas da próxima ronda, entre elas o importante embate entre Juve e Inter, terão de ser disputadas 'à porta fechada'.

No caso deste encontro entre a 'vechia signora' e os 'nerazzurri', essa perspetiva torna-se ainda mais real tendo em conta a escassez de datas disponíveis para reagendar a partida, com as duas formações ainda envolvidas noutras competições.

A disputa do encontro sem público nas bancadas para este que é um dos maiores clássicos do futebol italiano, contudo, não está a ser encarada de ânimo leve e houve até que já tivesse feito as contas e concluído que, a nível económico, a Juventus iria perder cerca de cinco milhões de euros em receitas. Para além disso, há ainda que ter em conta o impacto negativo que tal teria na visibilidade da prova, logo num encontro que pode relançar a discussão do título em Itália.

Neste momento, na classificação, a Juventus lidera com 60 pontos, mais um do que a Lazio. O Inter surge no terceiro posto, com menos seis pontos mas menos um jogo disputado do que os dois da frente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.