A Juventus venceu hoje a Sampdoria, por 3-0, para a 32.ª jornada da I Liga italiana de futebol, e beneficiou do empate do Nápoles com o AC Milan (0-0), para elevar para seis pontos a vantagem que detém na liderança.

O croata Mario Mandzukic, aos 45 minutos, e os alemães Benedikt Howedes, aos 60, e Sami Khedira, aos 75, foram os marcadores dos golos da Juventus, todos após assistências do brasileiro Douglas Costa, que começou o jogo no banco.

Com 18 pontos em disputa até ao final do campeonato, a campeã Juventus ficou mais perto de renovar o troféu, depois de abrir para seis pontos a vantagem que detém sobre o Nápoles, segundo classificado, que empatou em casa do AC Milan (0-0).

O avançado português André Silva foi suplente utilizado, tendo entrado em campo aos 70 para o lugar do croata Kalinic, mas foi ao guarda-redes milanês Gianluigi Donnarumma que pertenceu o momento do jogo, ao negar o golo ao polaco Milik, em período de compensação.

O empate também não foi o resultado ideal para o AC Milan, que ficou praticamente afastado dos lugares de acesso à Liga dos Campeões e até do acesso direto à Liga Europa, tendo de defender a atual sexta posição e o direito a disputar a qualificação para a segunda prova europeia de clubes.

Os milaneses dispõem de dois pontos de vantagem sobre a Fiorentina, sétima colocada, que hoje também não foi além de um empate 0-0 na receção à ‘aflita’ SPAL, 17.ª posicionada e primeira equipa acima da zona de despromoção, num jogo em que o médio Gil Dias foi suplente utilizado.

O lanterna vermelha Benevento empatou 2-2 no estádio do Sassuolo, 15.º, que ainda está a lutar para se manter no escalão principal, enquanto o Verona continua no penúltimo posto, depois de ter perdido por 2-0 no recinto do Bolonha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.