Cristiano Ronaldo e a Juventus FC ofereceram camisolas autografadas do internacional português em jeito de agradecimento pelo trabalho desenvolvido pelo brigada médica cubana Henry Reeve, que esteve durante vários meses em Itália a ajudar no combate ao novo coronavírus.

Os médicos que compõem a brigada receberam, escreve a 'Prensa Latina', agência noticiosa latino-americana, dezenas de camisolas oficiais do clube de Turim assinadas por CR7. Nas camisolas constava também a inscrição "Siiiii, para os médicos de Cuba".

Ronaldo e a Juve resolveram, desta forma, agradecer o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde cubanos durante o período em que estiveram em Itália.

De acordo com aquela agência noticiosa, o internacional português e os dirigentes do clube de Turim lamentaram não ter podido, por questões de saúde, oferecer as camisolas pessoalmente, antes do regresso dos médicos a Cuba.

Ainda segundo a 'Prensa Latina', a brigada médica saudou o gesto do emblema de Turim e de Ronaldo, reconhecendo ter-se tratado de um momento especial, depois de vários meses de trabalho árduo em solo italiano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.