O Estádio Giuseppe Meazza, também conhecido como San Siro, pode ter os dias contados. De acordo com a imprensa italiana, a 'casa' de AC Milan e Inter de Milão, inaugurada em dezembro de 1925, vai ser demolida.

Alessandro Antonello, diretor dos 'nerazzurri', afirmou em declarações ao jornal 'Gazzetta dello Sport' que os responsáveis dos dois clubes chegaram à conclusão de que a melhor seria avançar para a construção de um novo estádio.

A remodelação do mítico recinto italiano ainda esteve em cima da mesa, mas chegou-se à conclusão de que os custos desta operação e a durabilidade não iriam resultar.

O AC Milan há muito que propôs a construção de um novo estádio, mas o Inter sempre se mostrou contra e disse preferir a remodelação do emblemático palco por onde já passaram grandes figuras do futebol italiano e mundial. Agora, o emblema 'nerazzurri' cedeu nas suas pretensões e o projeto da nova ‘casa’ poderá ser apresentado à autarquia de Milão na próxima semana.

"O Inter e o Milan estão a trabalhar juntos. Ainda temos trabalho para fazer, mas é o momento indicado para avançar. Muito em breve anunciaremos à cidade a decisão conjunta. Milão precisa de um estádio digno de uma das melhores cidades da Europa", atirou Alessandro Antonello.

A ideia é construir uma infraestrutura não tão grande (o atual tem capacidade para 80 mil espectadores), mas mais moderna. O novo estádio vai nascer imediatamente ao lado do atual, no local ocupado agora pelos parques de estacionamento.

O estádio San Siro/Giuseppe Meazza será assim demolido para que o novo recinto seja construído  a tempo do início da temporada 2022/23.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.