O Nápoles, com o lateral internacional português Mário Rui a titular, venceu hoje em casa a Udinese (4-2) e aproveitou para se colocar a quatro pontos da líder Juventus, que empatou na 33.ª jornada da Série A de futebol.

Os papéis inverteram-se nos jogos de hoje, com os napolitanos a entrarem a perder e a virarem o resultado, enquanto a ‘Juve’ esteve desde cedo a vencer fora o aflito Crotone e deixou empatar a meia-hora do final.

A cinco jornadas do final a luta pelo ‘scudetto’ ganha novo ânimo, com a hexacampeã Juventus a receber no domingo o Nápoles, num jogo fundamental na corrida ao título, num campeonato em que a formação de Turim tem reinado, com 33 títulos.

O Nápoles tem apenas dois ‘scudettos’, nos tempos de glória do clube, entre meados e finais da década de 80, na qual contava com o melhor jogador do mundo à época, o argentino Diego Armando Maradona.

Hoje, os napolitanos viram-se a perder com a Udinese, mas Insigne ainda empatou antes do intervalo. A equipa de Udine voltou a marcar o 1-2, mas Albiol, Milik e Tonelli provocaram a ‘cambalhota’ no marcador.

Frente ao Crotone (18.º e primeiro na linha de descida), a Juve marcou pelo ex-portista Alex Sandro, aos 17 minutos, mas Simy deu o empate à equipa da casa, aos 65 minutos.

A jornada de meio de semana da Série A teve um ‘jogo de loucos’ no Artemio Franchi, com sete golos e duas expulsões, e a primeira derrota da ‘Fiore’ desde a morte súbita do seu capitão, Astori, em 04 de março.

O guarda-redes Sportiello, ao jogar a bola com a mão fora de área, foi expulso logo aos sete minutos, mas na Lazio, Murgia viu também vermelho direto, com uma entrada fora de tempo, aos 14 minutos.

Com Gil Dias a titular na Fiorentina, a equipa chegou a ter uma vantagem de 2-0, com um ‘bis’ de Veretout (16 e 31 de penálti), mas a Lazio, com Nani no banco, ainda igualou a 2-2, por Luiz Alberto (39) e Caceres (45+1).

No reatamento, Veretout fez o ‘hat trick’, mas Felipe Anderson e novamente Luiz Alberto deram a vitória à Lazio, e manteve a equipa romana no quarto e último lugar de acesso á Liga dos Campeões.

A equipa tem os mesmos pontos da rival Roma (3.ª), que hoje venceu o Génova (12.º) por 2-1, com Iuri Medeiros a entrar aos 54 minutos.

O AC Milan, com André Silva a entrar aos 77 minutos, esteve a vencer na visita ao Torino – que falhou por Belotti uma grande penalidade aos quatro minutos -, mas De Silvestri igualou o jogo a 1-1 para a formação de Turim.

A Atalanta, que afundou ainda mais o Benevento (3-0), estão 15 pontos em disputa e está a 15 do Spal, primeira equipa em zona a salvo, está agora a dois pontos do AC Milan, sexto classificado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.