Depois da eliminação da Juventus da Liga dos Campeões na noite desta sexta-feira, Maurizio Sarri foi despedido do comando técnico do emblema de Turim

"O clube agradece ao treinador por escrever uma nova página na história da Juventus com a vitória do nono Scudetto consecutivo, coroando um caminho pessoal que o levou a escalar todas as categorias do futebol italiano", pode ler-se no curto comunicado da Juventus.

A queda da liga milionária terá sido a gota de água para os responsáveis da Juventus, depois de rumores que davam conta que Sarri não tinha o apoio dos jogadores, nomeadamente de Cristiano Ronaldo, com quem teria até chegado a desentender-se.

Os responsáveis de Juventus estiveram estado reunidos esta manhã e acabaram por tomar a decisão de despedir Maurizio Sarri, que apesar de ter conseguido a conquista no nono título consecutivo no campeonato italiano, viu a equipa perder as finais da Taça e Supertaça.

Mauricio Pochettino, antigo treinador do Tottenham, tem sido o nome mais falado para suceder a Sarri no comando técnico da Juventus.

*Artigo atualizado às 13h48 com a oficialização da Juventus

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.