Carlos Tevez não tem saudades do futebol inglês. O polémico avançado argentino mudou-se para a Juventus este verão, numa altura em que já pensava em...abandonar a carreira aos 28 anos.

«Chega a uma altura em que nos cansamos, ficamos fartos do futebol. Queria retirar-me mas depois apareceu a Juventus, um dos maiores clubes da Europa», afirmou à ESPN.

A relação de Tevez com Roberto Mancini no Manchester City não foi fácil. O avançado esteve quase um ano sem jogar e mesmo quando voltou, a relação com o ex-técnico dos Citizens continuava tensa. Talvez por isso, acredite que ninguém iria quere-lo na Premier League.

«Estive perto de abandonar após o desentendimento com Mancini. Estive seis anos em Inglaterra e ninguém daria um cêntimo para ficar mais seis anos. Ganhei a Liga dos Campeões e o campeonato com o Manchester United, a Taça de Inglaterra com o Manchester City, que não conquistava nada há muito tempo. Ganhei tudo», disse o argentino.

Uma decisão da qual não abre mão é a seleção argentina. Tevez deixou a seleção "Celeste" e assegura que não voltará atrás na sua decisão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.