A Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, subiu hoje, provisoriamente, ao terceiro lugar da Liga italiana de futebol, ao somar a terceira vitória seguida na prova, por 2-1, na receção ao Nápoles, em jogo da 11.ª jornada.

Os romanos adiantaram-se no marcador aos 19 minutos, por intermédio de Nicolò Zaniolo, e dispuseram de soberana situação para aumentar a contagem, pouco depois, mas Aleksandar Kolarov viu o guardião napolitano, Alex Meret, defender a grande penalidade.

No segundo tempo, a Roma voltou a dispor de novo penálti, depois de a bola embater no braço do lateral internacional português Mário Rui. Desta feita, o francês Jordan Veretout ganhou o duelo com Meret e dilatou a vantagem dos ‘giallorossi’, aos 55 minutos, antes de o polaco Arkadiusz Milik reduzir para os visitantes, aos 72.

A partida no Estádio Olímpico de Roma chegou a estar interrompida durante alguns instantes, por alegados cânticos racistas contra o central do Nápoles Kalidou Koulibaly.

Com este triunfo, a Roma, que terminou reduzida a 10 elementos, por expulsão do turco Mert Cetin, em tempo de compensação, subiu ao terceiro lugar da ‘Serie A’, com 22 pontos, a quatro da líder Juventus e a três do ‘vice’ Inter de Milão, sendo que ‘bianconeri’ e ‘nerazzurri’ jogam hoje, diante de Torino e Bolonha, respetivamente.

Já o Nápoles averbou o terceiro encontro seguido sem vencer, mantendo-se no sétimo posto, agora sob ‘ameaça’ da Fiorentina, que tem menos três pontos do que os napolitanos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.