A Roma, sem Paulo Fonseca no banco, voltou hoje a perder pontos na Série A italiana de futebol, ao empatar fora sem golos com a Sampdoria, que estreou Claudio Ranieri à frente da equipa.

Paulo Fonseca deu o lugar no banco ao adjunto Nuno Campos, por estar suspenso devido à expulsão no jogo com o Cagliari, da anterior ronda e em que também viu os romanos empatarem (1-1), deixando críticas à arbitragem.

Hoje, em Génova, a Sampdoria estreou Ranieri, que substituiu Eusébio Di Francesco face aos maus resultados, que deixaram a equipa no último lugar do campeonato italiano de futebol.

Com superior posse de bola (67%), mas muita dificuldade para criar perigo junto da baliza de Audero, o cenário ainda se complicou mais para a Roma (sexta classificada) com a expulsão de Justin Kluivert, aos 86, num segundo amarelo.

Mais cedo, o Inter de Milão continuou a sua grande campanha na Série A – só travada na ronda anterior com a derrota frente à campeã Juventus -, ao vencer na visita ao Sassuolo, num início de tarde cheio de golos.

A equipa de António Conte, que é vice-líder, a um ponto da ‘Juve’, esteve a vencer por 4-1, com ‘bis’ de Lautaro Martínez e também de Lukaku, e quase que se deixou apanhar, quando o Sassuolo (16.º) reduziu para 4-3 aos 82 minutos.

O jogo foi interrompido ainda no final na primeira parte, quando um paraquedista aterrou no estádio Mapei, e num momento em que Lukaku se preparava para converter uma grande penalidade, sem que se saiba as motivações do ‘interveniente’.

Em outros jogos da tarde, o Cagliari venceu a SPAL, por 2-0, e a Udinese o Torino, por 1-0.

A oitava jornada prosseguirá ainda hoje com os jogos entre o Parma e o Génova e o AC Milan e o Lecce, e fica completa na segunda-feira com o Brescia-Fiorentina.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.