Francesco Totti, antigo jogador da Roma, assumiu que quando parou de jogar precisou de dois anos para digerir essa decisão.

"Sempre tive paixão e paixão é tudo o que um jogador precisa. Quando se tem determinação consegue-se coisas que nunca imaginaste", disse em declarações à empresa de Streaming DAZN, prosseguindo.

"O fim chega de uma forma inesperada. Já digeri, mas levei dois anos, porque não foi escolha minha".

Sobre um eventual regresso à Roma, o antigo dianteiro não coloca esse cenário de parte.

"Nunca digas nunca."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.