O treinador da Juventus defendeu hoje uma utilização prudente do futebolista internacional português Cristiano Ronaldo depois da pausa dos campeonatos nacionais, na qual o avançado se lesionou ao serviço da seleção portuguesa.

"Precisamos de cautela porque estamos numa fase difícil. [Cristiano] Ronaldo está melhor, mas vai regressar à competição quando estiver a 100% e sem perigo de recaída. É melhor perder um jogo do que estar de fora dois meses", vincou o técnico Massimiliano Allegri, na conferência de imprensa de antevisão ao duelo caseiro do líder do campeonato italiano com o Empoli, no sábado, para a 29.ª jornada.

Cristiano Ronaldo esteve entre os ausentes do treino de quinta-feira do heptacampeão transalpino, depois de ter sido substituído aos 30 minutos do empate a uma bola com a Sérvia, na segunda jornada da qualificação para o Euro2020, no Estádio da Luz, em Lisboa.

O capitão da seleção das ‘quinas' manifestou queixas na coxa direita quando tentava alcançar um passe de um companheiro de equipa e está em dúvida para os próximos compromissos do clube italiano, o que levou o presidente da Juventus, Andrea Agnelli, a sugerir uma eventual ausência de Ronaldo na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, frente ao Ajax.

A Juventus lidera o campeonato italiano, com 75 pontos, mais 15 do que o Nápoles, segundo classificado, e medirá forças com o Empoli, Cagliari e AC Milan antes da eliminatória da ‘Champions' com o vice-campeão holandês, que integra o guarda-redes português Bruno Varela, emprestado pelo Benfica.

A primeira mão será jogada em 10 de abril, em Amesterdão, uma semana antes do segundo encontro, marcado para Turim.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.