E tudo funciona através da Internet. Os jovens que aspiram ingressar no mundo do futebol apenas têm de criar um perfil e enviar vídeos demonstrando as suas capacidades futebolísticas.

Estes vídeos serão classificados pelos utilizadores e os mais votados serão avaliados por um painel de profissionais constituído põe Luís Filipe Scolari e por um grupo de técnicos com formação académica em desporto de alto rendimento.

Desta análise resulta o “Pros Ranking”. São os eleitos desta classificação que, no final de cada semana, vão ser avaliados por Luís Figo. Este projecto tem o seu auge ao fim das 52 semanas de duração quando será eleito o melhor do ano.

“Nem toda a gente a mesma possibilidade na vida e com este projecto em qualquer parte do mundo tens a possibilidade de mostrar a tua capacidade através de uma plataforma”, disse Luis Figo. “Os mais novos são o futuro e este projecto vinca os sonhos das crianças”, acrescenta Luis Figo.

O Football Dream Factory não garante empregos no mundo do futebol mas funciona como facilitador uma vez que os clubes a nível internacional estão ligados ao projecto e os responsáveis pela detecção de novos talentos vão estar atentos às capacidades de todos os participantes. Para não excluir ninguém, em nenhuma parte do mundo, vão ser instalados alguns campos de utilização gratuita onde as crianças podem demonstrar as suas capacidades, recolher em vídeo essas imagens e fazer o envio através dos acessos instalados no local.

A apresentação do projecto, realizada no Tagus Park, contou com uma demonstração protagonizada por Figo, Sá Pinto, Dimas e Paulo Madeira num destes campos tecnológicos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.