No Parchal, em Lagoa (Algarve), a formação lusa não foi além de um empate sem golos, no segundo confronto com a equipa holandesa, depois de na terça-feira ter vencido, por 3-1, em Vila Real de Santo António.

Numa partida sem “chama”, os portugueses estiveram melhor nos primeiros 45 minutos, nos quais construíram duas oportunidades de golo, sem que a Holanda mostrasse capacidade para ameaçar a baliza lusa.

No segundo tempo, Portugal entrou melhor, mas a superioridade da formação das “quinas” durou apenas 15 minutos, manifestando uma evidente quebra física, o que permitiu aos holandeses tomarem conta do jogo e criarem várias oportunidades para vencerem o encontro.

“O primeiro jogo foi muito melhor em termos de espectáculo e de oportunidades de golo”, reconheceu no final do encontro o seleccionador nacional, Oceano Cruz.

“Infelizmente não é possível manter sempre o mesmo nível exibicional. Foi um jogo mais difícil devido ao calor e ao cansaço dos jogadores”, disse Oceano, antes de prometer que Portugal “vai tentar melhorar a qualidade”.

Ainda assim, acrescentou: “O jogo foi um bom teste e serviu para tirar apontamentos para preparar a equipa para o confronto com a Lituânia".

No grupo 9 de qualificação para o Euro2011, Portugal ocupa o terceiro lugar, com sete pontos, menos nove do que a líder Inglaterra, que tem mais dois jogos disputados.

O próximo encontro da formação lusa na qualificação para o Europeu está agendado para 11 de Agosto, na Lituânia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.