"Penso que estivemos globalmente bem no jogo e acabámos por sofrer um golo num lance para o qual estávamos prevenidos", disse Rui Bento, enaltecendo, porém, a postura dos seus jogadores, cuja qualidade, segundo ele, "não saiu beliscada".

Para o seleccionador português, Portugal fez a abordagem correcta ao jogo: "Faltou-nos alguma lucidez, mas arriscámos o que tínhamos de arriscar, acabámos o jogo com 4 avançados, e só nos faltou o golo".

Reconheceu que Portugal, no primeiro jogo com a Suíça, que venceu por 3-0, "podia ter gerido melhor o esforço", mas lembrou que está "a trabalhar com jogadores de 16 anos" e que estes jogos "fazem parte da sua aprendizagem".

"Conseguimos chegar a situações de um contra um no último terço do campo, visto que temos extremos que desequilibram nos duelos individuais, mas as coisas não saíram", referiu Rui Bento, para quem as hipóteses de Portugal chegar às meias-finais ainda estão em aberto.

Para o seleccionador português, agora há que abordar o jogo com a Espanha com espírito vencedor, ou seja, "para ganhar".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.