Carlos Carvajal saiu em defesa de Cristiano Ronaldo. O lateral direito do Real Madrid criticou os cinco jogos de castigo aplicado ao internacional português após a sua expulsão frente ao Barcelona, na primeira-mão da Supertaça de Espanha. CR7 apanhou um jogo pelo vermelho (duplo amarelo) e mais quatro jogos por ter empurrado o árbitro da partida aquando da sua expulsão.

"É um castigo excessivo. O Cristiano não quer desrespeitar o árbitro. É uma situação frustrante, tiraram-no do jogo quando não devia ter sido expulso", disse Carvajal.

O defesa lateral falou depois de um dos lances cruciais do jogo: o penálti cometido por Kaylor Navas sobre Suárez. Uma decisão muito discutível já que nas imagens é possível ver que o avançado uruguaio ´cavou` a falta.

"Os árbitros e os comités existem também para punir o fingimento de um penálti. As imagens são claras e cada um que tire as suas conclusões. Ações dessas decidem jogos e títulos", declarou.

O Real Madrid acabou por vencer o jogo por 3-1, tendo marcado o terceiro golo já depois da expulsão de Ronaldo. Esta quarta-feira a equipa de Zidane poderá confirmar o triunfo se empatar ou perder pela margem mínima. Carvajal garante que o pensamento está na vitória.

"Vamos jogar para ganhar. Não vamos gerir o resultado", garantiu.

O Real Madrid - Barcelona, da segunda-mão da Supertaça de Espanha, está marcado para às 22h00 desta quarta-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.