O Comité de Apelação da Federação Espanhola de Futebol (RFEF) manteve o castigo de cinco jogos de suspensão a Cristiano Ronaldo, na sequência da sua expulsão frente ao Barcelona, na primeira-mão da Supertaça de Espanha.

O Real Madrid tinha apresentado recurso, tentando que o português fosse despenalizado pelo menos num jogo, o referente ao duplo cartão amarelo que viu na partida.

Real tenta colocar o castigado Ronaldo em campo frente ao Barça esta noite
Real tenta colocar o castigado Ronaldo em campo frente ao Barça esta noite
Ver artigo

Os merengues sustentavam que o segundo amarelo foi mal mostrado já que não há evidências de que o português tenha simulado a falta, no lance com Umtiti. Defende o Real Madrid que CR7 caiu fruto do contacto com o adversário e que não tentou enganar o árbitro, Ricardo de Burgos Bengoetxea.

Apesar do protesto apresentado pelo Real Madrid, o órgão disciplinar espanhol manteve os cinco jogos de suspensão aplicados ao português: um pelo vermelho (duplo amarelo) e quatro por ter empurrado o árbitro, na sequência da sua expulsão.

Com esta decisão, certo é que Cristiano Ronaldo irá falhar o jogo desta noite frente ao Barcelona, da segunda-mão da Supertaça Espanhola. O português não irá alinhar nas primeiras quatro partidas do Real Madrid na Liga: Deportivo da Corunha, Valência, Levante e Real Sociedad.

Os merengues ainda podem recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto mas é pouco provável que tenham sucesso. Os quatro jogos de suspensão pelo empurrão ao árbitro é o mínimo aplicado em situações do género. CR7 podia ter apanhad 12 jogos de castigo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.