O Real Madrid venceu a Supertaça de Espanha, batendo de forma clara o Barcelona por 5-1 no conjunto das duas mãos, com duas vitórias claras em dois jogos que dominou por completo um Barça apático, sem ideias, sem identidade e carisma.

Mesmo sem Ronaldo, castigado, e Bale no banco, o Real Madrid foi superior em toda a linha, acabando por vencer por 2-0, golos apontados na primeira parte. A inquestionável superioridade merengue foi até reconhecido pelos jogadores catalães, como foi o caso de Piquè.

"A época é muito longa e há margem para melhorar. Mas em nove anos que estou aqui, esta é a primeira vez que me sinto inferior ao Real Madrid. É verdade que ganharam a Champions, mas não há muito tempo vínhamos aqui ao estádio deles e ganhávamos", começou por dizer o central na zona de entrevistas rápidas do Santiago Bernabéu.

Piquè abandonou o jogo aos 49 minutos, com queixas musculares, tendo sido substituído por Nélson Semedo. O defesa reconheceu que a sua equipa não estava preparada para pressão exercida pelo Real Madrid na primeira parte.

Asensio fez de Ronaldo e Real Madrid conquista a Supertaça Espanhola
Asensio fez de Ronaldo e Real Madrid conquista a Supertaça Espanhola
Ver artigo

"Pensávamos que iam jogar com dois avançados e não com três, como fizeram em Camp Nou. Pressionaram-se muito em cima e foram melhores do que nós desde o início. A partir daí o estado de ânimo influencia muito os jogadores", disse o central, que explicou a diferença entre as duas equipas e os dois jogos.

"Temos de pensar no nível que mostrámos em Camp Nou, num jogo no qual nos superaram apenas em dois contra-ataques. O Real Madrid vem com mais dinâmica e o jogo de hoje [quarta-feira] tornou-se uma montanha para nós, sobretudo depois de sofrermos um golo tão cedo", declarou, reconhecendo que o Barcelona não está bem.

"Não estamos no melhor momento nem como equipa nem como clube. Temos de estar o mais unidos possível e remar para a frente. Temos de conviver com a derrota e aceitar que o Real Madrid é melhor. Agora, mais do que nunca, temos de estar unidos", frisou.

O Real Madrid, que já tinha vencido no Camp Nou por 3-1, venceu a segunda-mão por 2-0 e venceu a Supertaça de Espanha com um agregado de 5-1.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.