A GNR qualificou como um sucesso a operação de segurança da Supertaça de futebol e agradeceu a “colaboração” dos seguidores de Benfica e Sporting que se deslocaram ao estádio Algarve para assistir ao confronto ganho pelos ‘leões’.

Em declarações à agência Lusa após o encontro, o major Marco Cruz, das Relações Públicas da GNR, disse que a força de segurança “tem que reconhecer e agradecer o bom comportamento de toda a gente”, que sublinhou ter sido “determinante para o sucesso desta operação em termos de segurança”.

“As pessoas acolheram todas as recomendações que foram dadas, nomeadamente o chegar mais cedo, que foi muito importante, porque não houve congestionamentos de trânsito”, afirmou o oficial da GNR.

Marco Cruz precisou que “houve algumas paragens” já na rotunda central de acesso ao estádio Algarve, mas acrescentou não ter sido “nada de anormal”.

Outro dos fatores que a GNR considerou ter sido “muito importante” para o resultado final da operação de segurança foi “as pessoas terem chegado mais cedo” ao recinto desportivo e “terem respeitado o que foi dito relativamente às áreas de serviços”, quando pediu aos adeptos do Benfica para, na viagem de Lisboa para o Algarve, pararem em Alcácer do Sal e Aljustrel e aos do Sporting para pararem nas de Grândola e Almodôvar.

O major Marco Cruz disse ainda que “não houve registo de nenhuma detenção” e considerou que, “quando há um espírito colaborativo, as coisas correm muito bem e foi o caso”.

“É importante salvaguardar e destacar que foi de facto uma boa operação, que teve a colaboração de todos”, concluiu.

O jogo da Supertaça, disputado no domingo, terminou com a vitória do Sporting sobre o Benfica por 1-0, com um golo solitário de Carrilo, aos 53 minutos, na estreia de Jorge Jesus como técnico ‘leonino’, precisamente perante a equipa que comandou nos últimos seis anos, agora comandada por Rui Vitória.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.